Bem vindos ao Desapego Games

Desapego Games - Análise: Prey, absolutamente uma obra-prima - Post - Blog, Notícias e Novidades


Domingo, 07 de Maio de 2017 às 22:31

Análise: Prey, absolutamente uma obra-prima

Prey é fantástico e é um dos melhores jogos já lançados este ano. Também pode ser um dos melhores jogos de sempre  graças a sua atmosfera única. Em Prey, você desperta a bordo da Talos I, uma estação espacial que está na órbita da lua no ano de 2032. O jogador assume o papel de Morgan Yu, um cientista chave de um experimento destinado a mudar a humanidade para sempre. Infelizmente, como sempre acontece com tais empreendimentos, tudo saiu fora de controle. A estação espacial é invadida por alienígenas hostis e você terá que sobreviver usando apenas as ferramentas encontradas na nave espacial. Felizmente, as ferramentas incluem algumas armas poderosas e habilidades alucinantes.

A perspectiva em primeira pessoa não só te ajudará a mergulha na atmosfera do game, mas também vai te prender. Prey pode ser classificada como um jogo de horror, mas é mais uma aventura de mundo aberto. Os jogadores podem andar na enorme estação espacial livremente e ir para qualquer lugar que quiserem. A história não é linear e muda dependendo de determinadas ações. Por exemplo, no início do jogo seu objetivo é simplesmente fugir da Talos. Bem, você pode fazer isso depois de cerca de 25 horas, mas vai perder muitas coisas que o título tem para oferecer. Existem ainda inúmeras seções para explorar e dezenas de missões secundárias para completar.

No Xbox One, Prey é um jogo visualmente deslumbrante. A preocupação principal, os jogadores podem ver uma queda na taxa de quadros quando são carregados os pontos de verificação, mas isso não diminui a ótima experiência. Além disso, os ambientes são variados, apesar do fato de que você está confinado em uma estação espacial e seu entorno só existe o vácuo do espaço. Inclusive, você também pode explorar vastos jardins, alojamentos luxuosos e muito mais. Definitivamente não é um FPS “de corredor” que todo mundo estava esperando.

O mundo fora Talos I também é bastante interessante. O jogo realiza-se em uma linha temporal alternativa, que testemunhou o avanço científico significativo em termos de programas espaciais. Cada detalhe da estação espacial tem uma aparência diferente. Definitivamente não é um habitat espacial genérico que muitos títulos modernos oferecem. Uma das melhores partes do jogo são os museus e outros informativos que exibem o que está acontecendo na terra, onde é possível ligar o PC, ler e-mails… Além disso, há diversas ferramentas úteis dentro da Talos I, que vão de armas a livros e registros de áudio. Todos esses itens ajudam a entender a história por trás do complexo e qual é a sua função. A atenção aos detalhes na elaboração deste ambiente é impressionante e é definitivamente um passo em frente para a industria dos games.

Uma dos mecânicas principais é a capacidade de pegar vários itens e transformá-las em matérias-primas. As matérias-primas são então veladas em uma impressora que fabrica os itens necessários. Você precisará certificar-se de que você está com kits e munições para não ficar mão.

Prey permite que você escolha seu estilo de jogo. Há também uma opção invisível, mas não usar este modo vai te dar muito mais ação. Apenas certifique-se de atualizar a sua saúde e desbloquear slots adicionais em seu terno para suportar a quantidade significativa de danos. Não precisa apelar!

prey-ar

Mandar bala nem sempre é a solução

Por exemplo, um monstro chamado pesadelo persegue você durante todo o jogo. Bem, você pode destruí-lo ou digitalizá-lo algumas vezes para destravar habilidades adicionais aliens. Você pode até digitalização alguns seres humanos. No entanto, é ainda mais benéfico digitalizar inimigos, mesmo se você estiver jogando como um humano “superpoderoso“, porque o scanner revela fraquezas. Qual é a melhor maneira de matar um fantasma? Bem, use explosivos. Mas você só saberia disso se digitalizasse o fantasma. São muitas criaturas, digitalizar vai te ensinar acabar com cada uma.

O tiroteio é brutalmente complicado e você tem que usar habilidades como “desaceleração do tempo” para tirar os inimigos. Inicialmente, as armas são severamente fracas e só depois de cerca de 20 horas que você vai se sentir poderoso. Contudo, usar o ambiente a seu favor também é necessário. Por exemplo, jogar caixas explosivas sobre aqueles irritantes telepatas é uma ótima maneira de acabá-los. Sempre estude o seu arredor e certifique-se de gastar balas somente em último caso. Ataques furtivos também fazem muitos danos. Geralmente, você pode sempre jogar uma vasilha ou um objeto pesado para matar um inimigo, ou pelo menos causar danos para não gastar tantas balas.

Conclusão

Em geral, Prey é um jogo alucinante. Uma das principais perguntas que os jogadores fazem hoje em dia é como ter um título espacial não será genérico, aqui temos a resposta. Prey não possui um modo multiplayer. O game é focado no desafio para um jogador apenas, para valorizar a trama e as diversas formas de explorá-la.

Enquanto Prey é fortemente inspirados em jogos como BioShock e System Shock, mas consegue ir mais além. Se você possui um Xbox One, PS4 ou um PC capaz, você deve jogar isso. Ele é dublado em português e possui uma demo gratuita disponível.

tags: Prey, Xbox One, PS4 , PC

categoria: Games


POSTADO POR: Desapego Games